Uma publicação da SAEP Sociedade de Análise Existencial e Psicomaiêutica logo SAEP
EDIÇÃO ESPECIAL Página atualizada em 27 de julho de 2000

 

Trabalho do GED de Músicas Existenciais

 

Músicas sobre Felicidade
 
Psicóloga Tânia Maria Boque
 
Trabalho produzido no Grupo de Estudo Dirigido da SAEP sobre Músicas Existenciais coordenado pelo psicólogo Jadir Lessa

Você tem preferido reclamar de tudo e de todos ou tem se esforçado em fazer sua parte para mudar o mundo e melhorar como pessoa?

Ser feliz é tudo o que o ser humano deseja e quer.
Felicidade é um tema sempre muito discutido e questionado; parece a princípio algo muito distante de ser alcançado. Muitas vezes, só é permitido encontrá-lo entre as crianças que como seres ainda em formação, temos a iniciativa de levá-las ao encontro da tal felicidade.

Entendemos que felicidade é alcançada todas as vezes que nos encontramos bem material ou profissionalmente. Sempre associamos tal sentimento a algo que conseguimos de imediato e que nos deu prazer.

Torna-se muitas vezes utópico, falar em felicidade quando no mundo contemporâneo, defrontamo-nos com tantos problemas sociais. É que sempre associamos felicidade a prazer e esse, a bens materiais. Quando não conseguimos alcançá-la sentimo-nos angustiados, ansiosos e tais sentimentos avultuam-se em tal ordem, que viver torna-se um peso, um martírio.

Para que possamos viver o melhor possível, não devemos só nos preocupar com a parte material; ela é sem dúvida necessária mas não é tudo; devemos lutar pelo nosso prazer sim, mas não esquecendo que esse pode ser alcançado por outras vias.

O homem dispõe de muitas ferramentas para ser feliz, mas erroneamente espera alcançá-la só numa vida após esta e, com isso perde a oportunidade de refletir sobre sua vida e sobre o que quer. A responsabilidade é sempre do outro.

Ao trilhar o caminho de encontro a nós mesmos, temos a oportunidade de entrar em contato com nossas dificuldades, medos, certezas e incertezas. Isso assusta a princípio mas é necessário; assim temos a oportunidade de nos ver, nos aceitar e principalmente quem está em volta de nós.
Não somos imunes a nossas fraquezas; essas nos levam a angústia e a ansiedade. Mas esses pontos fracos só são ou tornam-se um mal quando deixamos que tomem conta de nossa vida nos levando a auto-destruição e agressividade. Por outro lado, se enfrentamos, estes tornam-se pontos positivos que nos levam a novos caminhos, nos fazem crescer. É uma conquista lenta e diária.

Nós somos os produtores de nossa felicidade, ela não é um sonho, é possível, viável é construída só depende de nós. Essa construção é passo a passo, depois de cada percalço de cada perda. É desconstruir e construir simultâneamente. E na busca dessa construção de suas coisas, a existência experimentará a angústia da liberdade, de escolhas, decisões e buscar a felicidade em cada ato e realização.
Podemos escolher ser livres ou permanecer acorrentados as expectativas alheias, as nossas deficiências, medos, angústias ou podemos nos libertar desses grilhões e buscar a nossa felicidade - só depende de nós.

Articulação entre o texto sobre felicidade e as músicas escolhidas referentes ao tema

Todas as músicas quando são compostas, apresentam e manifestam momentos de alegria, tristeza, amor, desesperança e felicidade; geralmente quem as compõem passa ou já passou por tais momentos e tenta extravasar tais sentimentos em forma de canção.
Nas músicas escolhidas por mim sobre felicidade, fala-se de uma luta constante do homem para ser feliz, se encontrar, lutar para chegar a um objetivo, lutar por um sonho, conquistar a pessoa amada.
São momentos e situações em que o homem, apesar das dificuldades, luta incessantemente e vê que a felicidade pode estar em pequenas "coisas", "situações", "momentos". Mesmo assim faz sua vida, corre atrás de sua felicidade.

A seguir destaco as letras das músicas escolhidas:

Felicidade - Fábio Junior

Um jeito, um gesto, um golpe
De ternura
E a vida volta logo para o lugar
Uma palavra é uma coisa dura
Só sentimento pode libertar
O tempo faz o jogo dos desejos
E eu sei que você vai esperar
O dia amanhecer por entre os dedos
E aí saber que o sonho
É bom demais
Felicidade,
Brilha no ar
Como uma estrela
Que não está lá
É uma viagem, doce magia
Uma ilusão que a gente não escolhe
Mas espera viver um dia
Felicidade,
Quando estou em sua companhia
Brilha no ar,
E nos seus olhos me deixo brilhar
Felicidade,
E eu vejo aquela fantasia
Mesmo sabendo que ela não está lá
Felicidade,
Brilha no ar
Como uma estrela
Que não está lá
Conto de fadas
História comum
Como se fosse
Uma gota d'água
Descobrindo que o mar é azul.

Antes que seja tarde - Ivan Lins

Com força e com vontade
A felicidade
Há de se espalhar
Com toda intensidade
Há de molhar o seco
De enxugar os olhos
De iluminar os becos
Antes que seja tarde
Há de assaltar os bares
E retomar as ruas
E visitar os lares
Antes que seja tarde
Há de rasgar as trevas
E abençoar o dia
E de guardar as pedras
Antes que seja tarde
Com força e com vontade
A felicidade
Há de se espalhar
Com toda intensidade
Há de deixar semente
No mais bendito fruto
Na terra e no ventre
Antes que seja tarde
Há de fazer alarde
Libertar os sonhos
Da nossa mocidade
Antes que seja tarde
Há de mudar os homens
Antes que a chama apague
Antes que a fé se acabe
Antes que seja tarde
Com força e com vontade
A felicidade
Há de se espalhar
Com toda intensidade.

A Felicidade - Tom Jobim e Vinícius de Morais

Tristeza não tem fim
Felicidade sim
Tristeza não tem fim
Felicidade sim.
A felicidade é como a gota
de orvalho numa pétala de flor
Brilha tranqüila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor
A felicidade do pobre parece
a grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
por um momento de sonho
pra fazer a fantasia
de rei ou de pirata ou jardineira
pra tudo se acabar na quarta-feira
Tristeza não tem fim
Felicidade sim
Tristeza não tem fim
Felicidade sim
A felicidade é como a pluma
que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar
A minha felicidade está sonhando
nos olhos da minha namorada
É como esta noite
passando, passando
em busca da madrugada
Falem baixo por favor
pra que ela acorde
alegre com o dia
oferecendo beijos de amor.

O Que é o Que é? - Gonzaguinha

Eu fico com a pureza
Das respostas das crianças
É a vida, é bonita e é bonita, no gogó
Viver e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser um eterno aprendiz
Ah, meu Deus!
Eu sei que a vida devia ser bem melhor e será
Mais isso não impede que eu repita:
É bonita, é bonita e é bonita.
É a vida? E a vida o que é, diga lá meu irmão
Ela é a batida de um coração?
Ela é uma doce ilusão?
Mas e a vida? Ela é maravilha ou é sofrimento?
Ela é alegria ou lamento?
O que é o que é, meu irmão?
Há quem fale que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota, um tempo, que não dá um segundo
Há quem fale que é um divino mistério profundo
É o sopro do criador, numa atitude repleta de amor
Você diz que é luta e prazer,
Ele diz que a vida é viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não e o verbo é sofrer
Eu só sei que confio na moça,
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der, ou puder ou quiser
Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte
E a pergunta roda e a cabeça agita
Eu fico com a pureza
Das respostas das crianças
É a vida, é bonita e é bonita.
Viver......

Sonhando Eu Sou Feliz

Eu sou feliz
Sonhando, eu sou feliz
Eu dou um duro danado
To todo endividado
To que nem desempregado na fila do PIS
To sonhando, mas eu sou feliz,
Só assim eu sou feliz
Andam fazendo de tudo
Pra que eu fique PINEL
Gente sem sal, gente sem mel
Gente bancando derrota
Um bom malandro que vota
Faz uma reviravolta
E elege o país
To sonhando mais eu sou feliz
Só assim eu sou feliz.

Comentário:

Exalta a alegria de viver, mesmo que tudo a sua volta conspire ao contrário.
Na estrofe: "Andam fazendo de tudo/Pra que eu fique PINEL/Gente sem sal, gente sem mel/Gente bancando derrota/Um bom malandro que vota/Faz uma reviravolta/E elege o país", da música "Sonhando Eu Sou Feliz", mostra que existe sempre os pessimistas, derrotados mas é necessário que a pessoa acredite em si e seja feliz.

Psicóloga Tânia Maria Boque
Aluna da 10ª turma do Curso de Formação de
Psicoterapeutas Existenciais da SAEP.


Conheça os Psicoterapeutas Existenciais na Internet

Para incluir seu nome clique aqui

Psicólogo, inscreva-se no Curso à Distância:

Curso de Introdução ao Existencialismo via Internet ou Correio

Estude sem sair de casa

LIVROS RECOMENDADOS

Volta para o Índice


Existencialismo - SAEP - Jornal Existencial - Psicologo Jadir Machado Lessa - Psicoterapeutas Existenciais

Copyright ©1999 - Todos os direitos reservados à SAEP - Sociedade de Análise Existencial e Psicomaiêutica. Webmaster: Jadir Lessa jadirlessa@easyline.com.br   

SAEP: Rua Conde de Bonfim, 370 Sala 1004 - Tijuca - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20520-054 - Tel. (021) 567-4420 e Telefax (021) 264-8615